Uma vida diferente



Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. ROMANOS 12.2
Loading...

Deus, o nosso protetor

A pessoa que procura segurança no Deus Altíssimo e se abriga na sombra protetora do Todo-Poderoso pode dizer a ele: "Ó SENHOR Deus, tu és o meu defensor e o meu protetor. Tu és o meu Deus; eu confio em ti." Deus livrará você de perigos escondidos e de doenças mortais. Ele o cobrirá com as suas asas, e debaixo delas você estará seguro. A fidelidade de Deus o protegerá como um escudo. Você não terá medo dos perigos da noite nem de assaltos durante o dia. Não terá medo da peste que se espalha na escuridão nem dos males que matam ao meio-dia. Ainda que mil pessoas sejam mortas ao seu lado, e dez mil, ao seu redor, você não sofrerá nada. Você olhará e verá como os maus são castigados. SALMOS 91.1-8

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Manter a segurança e a privacidade das filhos é obrigação dos pais: proteja as fotos de crianças.


A infância é tão efêmera… Quando a gente vê, já passou. Deve ser por isso que nós, mães e pais, tiramos tantas fotos. Tentamos aprisionar o momento em imagens.
Mas vivemos a geração do compartilhamento, em que uma frase, uma foto se espalha entre milhares de pessoas numa questão de minutos. E aquela foto de seu filhote fazendo graça, que você postou para que seus amigos e familiares pudessem acompanhar o desenvolvimento do pequeno, acabou caindo nas mãos erradas.
Pedofilia, sequestro, roubo, bullying. Uma simples imagem pode dar uma dor de cabeça para uma vida toda.
É extremamente difícil controlar dados on-line: uma vez postada uma imagem, ela estará disponível para sempre, pois ainda que você a delete, alguém pode tê-la salvado.
Estar 100% seguro é quase impossível, mas seguindo as dicas abaixo ao postar fotos de crianças você diminui as chances de sua família ser vítima de gente mal intencionada.

10 FOTOS QUE JAMAIS DEVEM SER POSTADAS NA WEB

1) Fotos da criança nua, no banho ou de fraldas: Você não gostaria de saber que fotos de seu filho circulam pelas redes de pedofilia, que chegam a pagar mais de 1.000 reais por uma imagem, né?

2) Fotos da criança de uniforme: Pelo computador, tablet ou smartphone, é possível embaçar, pintar ou colar uma imagem sobre o logo da escola. Adoramos postar fotos das crianças felizes em ir à escola, mas de forma alguma queremos que um desconhecido mal intencionado saiba onde ela estuda.

3) Fotos que deem pista de onde a criança mora: a foto é de seu filho fazendo gracinha, mas ao fundo tem o número da casa, o nome de uma loja, um ponto de referência qualquer que dê pistas de onde a criança mora. Com o Google, é possível encontrar qualquer endereço.

4) Fotos que seu filho não gostaria de ver publicada quando ele estiver maior: Uma gracinha da criança hoje pode vir a ser o bullying no futuro. Imagine seu filho adolescente vendo a foto que você está publicando: ele se importaria? A imagem é dele, e é pela privacidade deste indivíduo que devemos zelar.
5) Foto que você não publicaria num outdoor: Aquilo que você não gostaria de ver exposto num outdoor no meio da cidade não deve ser publicado. O que é se posta na web fica registrado para sempre e jamais poderá ser totalmente deletado. 

6) Fotos de crianças sem que os pais tenham autorizado: Nós, empiricamente, conhecemos todas as pessoas de nosso círculo nas redes sociais. Mas e os amigos de nossos amigos? Portanto não faça com o filho dos outros o que você gostaria que fizessem com o seu. Antes de publicar a foto em que uma criança está presente, consulte seus pais previamente. E se a foto de seu filho foi compartilhada sem sua autorização, não hesite em pedir que a pessoa a retire.

7) Fotos que estejam marcadas pelo GPS do seu aparelho: redes sociais, como Facebook e Instagram, e algumas câmeras são capazes de registradar o local em que as fotos são tiradas. 
Desabilite esta função nas configurações do dispositivo, assim criminosos terão mais trabalho em saber onde está sua família neste momento.

8) Fotos que avisem onde você está: #partiupraia, “Até que enfim a viagem”, “Chegando a …”. Postagens deste tipo denunciam que sua casa está livre, e você vira presa fácil de gente mal intencionada. 

9) Fotos compartilhadas publicamente: Quanto mais gente vir a foto, mais chance ela tem de cair nas mãos erradas. Por isso, ajuste as configurações de privacidade para que apenas seus amigos vejam suas fotos (como fazer isso no Facebook e no Instagram). Se quiser ser ainda mais específico, agrupe seus amigos em listas e compartilhe as fotos apenas com as listas em que você confia.

10) Fotos que não estejam guardadas numa pasta com senha: Mesmo sendo precavidos ao postar as fotos de nossos filhos, nossos aparelhos podem ser roubados, e nossos dados podem cair nas mãos de criminosos. Guardar nossas fotos em arquivos protegidos por senha dificulta o acesso, resguardando a privacidade de nossa família. 


terça-feira, 17 de setembro de 2013

CRIANDO UM MONSTRO



Num dia destes, estava eu no shopping almoçando, quando me deparei com a seguinte situação:
Ao meu lado, tinha um pai e seu filho sentados, aguardando a mãe e a filha. A filha, uma típica pré-adolescente, com uns 10 anos, baixinha, bem vestida e o filho, por volta, dos 15 anos, um rapaz de 1,60m.
Quando a mãe chegou, muito bem vestida por sinal, eles se encaminharam para outro local, e quando pai e filho se levantaram, o cadarço do tênis do menino estava desamarrado. A mãe ou o pai poderiam tê-lo alertado do fato, mas, para meu total espanto e revolta, a mãe, abaixou-se, colocou os joelhos no chão, e amarrou, sem pestanejar, os cadarços do menino.
Presenciando esta atitude, pergunto-me por que as mulheres reclamam tanto dos homens se são elas próprias, em sua grande maioria, que os geram, cuidam, educam e…estragam etc?
Vejo mães tratarem seus filhos e filhas como seres incapacitados de proverem suas próprias vidas. Tanto mimo chega a dar náuseas. Só prejudica, expõe ao ridículo, vitimiza, rebaixa. Mães e pais vêem seus filhos tomarem as atitudes mais grosseiras e mal educadas e nada fazem, não repreendem, não chamam a atenção.
Não posso reclamar de minha educação. Tive pais que participaram ativamente de meu desenvolvimento, e sempre foram muito realistas, e nem por isso, não eram carinhosos e atenciosos e sempre cumpriam o que podiam cumprir. Tratavam-se como uma pessoa capaz de desenvolver minhas habilidades, de ser independente, sempre tive “pequenas” responsabilidades como arrumar meu quarto, lavar uma louça, buscar meu irmão na escola, cursos de férias, ficar sem férias em razão de um comportamento inadequado.
Lógico que se deve respeitar e tratar dignamente os filhos, mas não consigo conceber a idéia de tratá-los como bibelôs, como enfeites de cristal. Ninguém quer que os filhos sofram ou que passem por situações desagradáveis, mas tirar dos filhos o direito de resolver sua vida e sentir-se forte para enfrentar os revezes, que são inevitáveis, chega a ser um ato egoísta.
Que tipos de serem humanos estamos criando?
Claro que não devemos levar tudo a ferro e a fogo, mas algumas atitudes vêm me surpreendendo. Filhos sem limites ficam totalmente perdidos e entendem que apenas seu mundo importa. Tornam-se pequenos nazistas, mandões, cheios de vontade. E também, vejo pais que fazem de tudo para que os filhos fiquem longe, com a babá, com a secretaria, com a escola, com os avós. Jogam a criança para todos os lados, porém cuidar que é o principal está distante de sua prioridade.
Não podemos ter a exata noção de como nossos filhos irão crescer, pois possuem suas próprias características, contudo devemos pensar que uma parte do que são ou levam consigo foram os pais que deixaram registrado.

Alguns bons pensamentos de ilustres figuras:

Educai as crianças e não será preciso punir os homens. Pitágoras

Eu era uma criança, esse monstro que os adultos fabricam com as suas mágoas. Jean Paul Sartre

Quando guri, eu tinha de me calar, à mesa: só as pessoas grandes falavam. Agora, depois de adulto, tenho de ficar calado para as crianças falarem. Mario Quintana

Se a criança é um porquinho, quando adulto não poderá ser outra coisa senão um porco. Vladimir Maiakóvski

O homem a quem a dor não educa, será sempre uma criança. Niccolo Tommaseo

A criança nunca sabe o que é um martelo,até confundir o dedo com um prego. Stephen King

A família é como a varíola: a gente tem quando criança e fica marcado para o resto da vida.  Jean Paul Sartre